Gestão de fretes para Indústria: 4 dicas para obter uma logística eficiente

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Gestão de fretes para Indústria: 4 dicas para obter uma logística eficiente

 

Uma das principais etapas do processo logístico de grandes indústrias é a gestão de fretes. Com uma legislação complexa e um número grande de documentos, certificações necessárias para realizar o transporte de produtos e mercadorias, além da necessidade de integrar o processo com os demais setores da empresa, fazem com que a logística de fretes seja um trabalho árduo e que necessita de uma equipe preparada para enfrentar os desafios que vem pela frente.

Mesmo com uma equipe dedicada a esta etapa da logística, é preciso investir também em ferramentas de automação que facilitem a gestão de todos os processos de transporte e fornecedores. Só assim é possível atingir um nível de controle sobre os complicados processos que fazem parte da logística de fretes.

Pensando nisso, criamos 4 dicas essenciais para você seguir a manter um sistema de gestão de fretes com qualidade e eficiência para o setor industrial.

1. Mantenha-se atualizado

Logística é uma prática essencial em todos os setores. Por isso, não é atoa que novos métodos de implantação e gestão surgem todos os dias. Cada vez mais ferramentas e formas de trabalhar com logística são testados e implementados por grandes empresas de todo o mundo. Por isso, manter-se atualizado sobre as novidades pode fazer com que os processos logísticos da sua empresa sejam otimizados cada vez mais.

2. Verifique a viabilidade do frete pretendido

Um passo importante é verificar a viabilidade dos fretes que você pretende realizar. Quanto maior a distância do seu frete, maior o custo que você terá com o transporte do seu produto. Além do combustível, é preciso levar em consideração as condições das estradas e o risco de um trajeto muito longo. Muitas vezes um frete para uma região muito distante pode tornar o seu produto muito mais caro do que o dos seus concorrentes.

3. Tente integrar a logística de toda a empresa

Trabalhar a logística de fretes como uma etapa de todo o processo logístico da sua empresa é o ideal. Pense em uma forma de juntar todos os processos necessários para o funcionamento da sua empresa em uma sequência, juntando setores como: compras, produção, desenvolvimento, embalagem, vendas, faturamento, frete e etc.

4. Trabalhe com uma ferramenta de automação

Uma ferramenta de automação pode otimizar o seu processo logístico e trazer resultados expressivos como redução de custos ou aumento de eficiência na produção. Devido a quantidade de processos e operações realizados pela sua equipe de logística, uma ferramenta que automatize estes processos pode fazer com que a equipe redirecione o seu foco de trabalho para pensar ideias de como otimizar a sua produção, trazendo benefícios muito mais proveitosos do que realizar cálculos manualmente. Além disso, um software que automatize os processos da sua gestão logística pode eliminar muitos erros causados por cálculos e processos realizados manualmente, além de evitar casos de fraude e má fé de funcionários mal intencionados.

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *