O que é romaneio de carga e qual a sua importância?

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

O romaneio de carga é um documento que lista as características da carga transportada. A relação de volume e descrição dos itens são descritos em um único documento, o que facilita a conferência das mercadorias durante o transporte, no embarque, desembarque e na fiscalização.

Além disso, é usado no comércio exterior no processo de desembaraço aduaneiro, o documento é internacionalmente conhecido como packing list.

Exemplo de um romaneio de carga:

O romaneio de carga é obrigatório por lei?

A legislação não é clara quanto a sua obrigatoriedade, a receita federal destaque que: “O romaneio é exigível em situações onde é prática corrente sua emissão”, ou seja, “quando aplicável”.

Exemplo de situação onde é prática a emissão: No caso de uma importação, onde a declaração de importação será instruída com o romaneio de carga, o romaneio é aplicável. A não apresentação passível de multa.

Exemplo de situação onde não é prática a emissão: granéis e cargas não embaladas que por si só se identificam como automóveis (nº do chassi) ou máquinas e equipamentos de grande porte (nº de série).

Sendo assim, indica-se usá-lo nos casos em que a emissão já é feita normalmente, como no caso do desembaraço aduaneiro e na Declaração de Importação — além de outros documentos relacionados à Declaração Aduaneira, o que, no caso de não apresentação, pode acarretar multa para a empresa.

Para maiores informações sobre a legislação, veja o artigo do governo: http://receita.economia.gov.br/orientacao/aduaneira/manuais/despacho-de-importacao/topicos-1/despacho-de-importacao/documentos-instrutivos-do-despacho/romaneio-de-carga-packing-list

Quais informações devem conter no romaneio?
Não existe um padrão a ser seguido, mas para que ele seja útil na logística, algumas informações essenciais devem ser relacionadas no documento:

Notas fiscais relacionadas aos itens transportados;
Identificação única de cada pedido;
Quantidade de volumes;
Tipo de embalagem: caixa, potes, paletes, madeira, papelão e entre outras;
Dados gerais da carga: peso bruto, peso líquido, dimensões, volume das embalagens e entre outros.

Por que o romaneio deve ser emitido?

Auxilia no processo de indenização pelo sinistro de carga

A relação de mercadorias contida no romaneio pode auxiliar no fornecimentos de informações para seguradora em caso de sinistro (roubos, acidentes, extravios, entre outros) durante o transporte.

A seguradora pode solicitar a cópia do romaneio para autorizar a indenização pela carga sinistrada. Fique atento ao contrato com a seguradora, e certifique-se que todos os documentos necessários, são emitidos no processo logístico.

Ajuda na prestação de contas com o Motorista

O romaneio serve como um comprovante de responsabilidade, que deve ser assinado pelo motorista, para atestar que o mesmo sabe exatamente o quê e quanto está carregando.

Desta forma, no processo de prestação de contas, o comprovante de entrega pode ser comparado com as informações do romaneio. Portanto, a transportadoras geralmente emitem duas vias, uma cópia viaja com o motorista e a outra fica arquivada na empresa.

Aumenta o controle de cargas enviadas

Com o canhoto do comprovante de entrega assinado pelo recebedor, pode-se comparar com o romaneio, desta forma, se houver divergências, a situação tem que ser averiguada.
Disponibilidade de informações
As informações extras do romaneio podem alimentar o sistema de rastreamento, dessa forma, as informações sobre o status das entregas ficam mais precisas e em tempo real.

Processo de emissão do romaneio

A emissão do romaneio pode ser feito de uma forma manual, através de uma planilha, ou de forma automática e integrada, através de um sistema com o módulo de emissão.
A escolha da forma de emissão vai depender do volume e complexidade das operações logísticas.

Automatizar é sempre uma opção mais rápida e assertiva, a M&O sistemas trabalha com módulos integrados que permitem a emissão de romaneios de forma automatizada, relacionando as informações de todo o sistema, e evitando o desencontro de informações: se a mercado foi para expedição, ela vai estar relacionada no romaneio.

Qual a diferença entre um romaneio e um manifesto?

Não existe uma relação direta entre esses documentos, enquanto o romaneio relaciona as mercadorias transportadas, o manifesto é utilizado para relacionar vários conhecimentos de transportes emitidos para o envio de uma carga fracionada, ou seja, o manifesto de carga é utilizado quando existem vários destinatários para um mesmo transportador.

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *