Transportadoras: como escolher a certa e qual a influência dessa escolha?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Transportadoras: como escolher a certa e qual a
influência dessa escolha?

O difícil cenário econômico brasileiro cria desafios e obstáculos cada vez maiores para
empresas de todos os tamanhos dentro do país, que acabam procurando formas para
reduzir custos em todos os setores e de todas as maneiras possíveis.
Tendo em vista este pensamento, focado em economia e corte de gastos, o setor de
transportes e gestão logística de frete não fica de fora da cobrança. Tornar a operação mais
eficiente pode ser uma ótima maneira de acelerar os negócios, reduzir custos com fretes
mais caros do que o necessário e até mesmo evitar prejuízos com fraudes desconhecidas
por funcionários mal-intencionados.
Com o grande leque de ofertas de transportadoras, algumas dispostas a fazer de tudo para
conquistar uma cotação de frete, o que às vezes acaba comprometendo a qualidade do
serviço prestado. Esse é um problema que exige muita atenção das embarcadoras e das
equipes de logística de transporte dentro das empresas, afinal, o preço de uma entrega não
realizada pode gerar impactos negativos irremediáveis para a marca.

É preciso levar O CLIENTE em consideração em todas as
etapas, até que o seu produto chegue nas mãos dele.

Muitas empresas que dependem de transportadoras não dão o devido foco ao processo de
transporte e entrega de seus produtos, achando que a responsabilidade acaba quando o
produto deixa a empresa. Esse é um erro fatal, que muitas vezes gera danos irreparáveis
para a empresa. Afinal, o cliente que recebe o produto muitas vezes não sabe que o
processo de transporte e frete é terceirizado pela empresa, e apontará a culpa de atrasos
ou cargas danificadas sempre primeiro para a empresa e nunca para as transportadoras.
É preciso equilibrar a escolha pela qualidade, e, daí sim, avaliar o menor custo entre as
transportadoras disponíveis a trabalhar com as entregas do seu produto. Criar parcerias
com transportadoras de confiança é melhor do que contar sempre com as que trabalham
com o preço mais baixo do mercado.
Lembre-se que é o seu produto que elas irão transportar para diversas regiões e você quer
que ele chegue sempre em perfeito estado independente da distância e das condições
adversas enfrentadas no caminho.

Quais são os danos causados por uma entrega feita por uma
transportadora despreparada?

● Uma entrega que não chega ao seu destino final representa prejuízo no faturamento
e na imagem da empresa.
● Seus clientes provavelmente vão ficar insatisfeitos com a sua empresa e podem
cogitar simplesmente deixar de comprar os seus produtos ou até mesmo trocá-lo por
seus concorrentes.
● Perder um carregamento compromete toda a programação de pedidos da empresa,
o que gera impacto no fluxo geral de vendas.
● A falta de rastreamento gera incertezas na sua entrega, causando conflitos com
clientes que acabam ficando desinformados sobre possíveis atrasos.

Mas afinal, como escolher uma boa transportadora?

Ao escolher as transportadoras e fazer cotações para a sua entrega avalie a empresa nos
seguintes pontos:
● Possui uma estrutura adequada para atendê-lo (armazenamento, frota,
equipamentos)
● Tem um bom atendimento (suporte, comercial e acompanhamento)
● Observe quais outros clientes ela atende como referência
● Confira se ela cumpre com todas as obrigações fiscais, tributárias e trabalhistas
● Verifique se há seguro de carga para a frota que irá realizar o transporte
● Certifique-se de que há rastreamento e monitoramento dos veículos
Por fim lembre-se: economizar é sempre bom, mas não sacrifique a qualidade pelo menor
preço. A escolha das melhores transportadoras refletem diretamente na entrega do seu
produto.

“Tenha cuidado com os custos pequenos!
Uma pequena fenda afunda grandes barcos”

(Benjamin Franklin)

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *